Área de Acesso Reservado

Login inválido.
Password inválida.
×

Weblevel

Blog Weblevel

30 Out 18


Os clientes do futuro

“Os clientes são o teu futuro, representam novas oportunidades, ideias e caminhos para o crescimento” Michael Dell.

Com as mudanças que, actualmente, já se começam a fazer sentir, é importante avaliar como serão os clientes num futuro que já não será assim tão distante: quais os seus hábitos de consumo, o seu comportamento social e resposta às campanhas de marketing tradicionais.

As redes sociais têm um grande impacto nos negócios e as empresas esforçam-se cada vez mais por manter um serviço com um nível de qualidade sustentável, que contribua para bons resultados. Num mundo de pessoas interligadas, a tecnologia provoca rupturas contínuas no modo das empresas se relacionarem com os clientes e assim, aumentar o poder destes.

Algumas das características do cliente do futuro serão:

  • O facto de estar sempre conectado;
  • Seguirá as tendências;
  • Será um especialista tecnológico;
  • Flexível quanto ao lugar de trabalho;
  • Ecologicamente sensível;
  • Maior grau de independência;
  • Pagará por assessoriamento;
  • Procurará viver e sentir experiências.

Já por parte das empresas, a mudança deverá passar por compreender estas novas características e adaptar-se, mudando comportamentos, nomeadamente no que diz respeito a:

  • Implementação de novas ferramentas para medir o seu nível de performance, nomeadamente os KPI’s (Key Performance Indicators); desta forma, focam-se e monitorizam de perto o seu negócio.
  • Unificação dos meios de comunicação, fazendo com que os clientes não se dispersem.
  • Investimento nas plataformas sociais, satisfazendo, desta forma, o cliente e paralelamente, construindo a marca;
  • Aposta pela flexibilidade e automação;
  • Responder sempre aos contactos dos clientes;
  • Os dados analíticos serão usados para oferecer experiências cada vez mais personalizadas e sofisticadas aos clientes;
  • A fidelização acabará; para esta acontecer, a empresa necessitará de uma segmentação crescente dos clientes.
  • O comércio electrónico encontra-se em mudança constante e os consumidores, encontram-se cada vez mais presos a campanhas. Isto leva às empresas a tentar sobresaírem da multidão e, assim, fazer coisas diferentes.

Desta forma, e com as mudanças sociais diárias, forma-se uma nova geração de futuros consumidores, fortemente marcada por movimentos sociais, informação e transformação tecnológica.

De acordo com o especialista Dinamarquês Martin Lindstrom, conceituado Branding Futurist, “ no futuro, não teremos B2C nem B2B. No futuro, teremos H2H, isto é, human to human. Cerca de 85% das nossas decisões são irracionais e 95% dos processos de transformação das empresas falham porque se esquecem do quão irracional é o ser humano”.


Customers of the future

 

“Customers are your future, they represent new opportunities, ideas and avenues for growth” Michael Dell.

With the changes that are already began, it is important to evaluate how customers will be in a future that will not be so far away: what are their consumption habits, their social behavior and response to traditional marketing campaigns.

Social networks have a major impact on business, and companies are increasingly striving to maintain a service with a sustainable level of quality that contributes to good results. In a world of interconnected people, technology causes continuous disruptions in the way companies relate to customers and thus increase their power.

Some of the client’s characteristics of the future will be:

 The fact of being always connected;

 Will follow the trends;

 Will be a technology specialist;

 Flexible in the workplace;

 Ecologically sensitive;

 Higher degree of independence;

 Pay for counseling;

 Will seek to live and experience experiences.

On the part of the companies, the change must go through to understand these new characteristics and adapt, changing behaviors, namely with regard to:

 Implementation of new tools to measure their level of performance, namely KPI’s (Key Performance Indicators); in this way, they focus and closely monitor their business;

 Unification of the media, to customers not disperse;

 Investment in social platforms, thus satisfying the client and in parallel, building the brand;

 Bets for flexibility and automation;

 Always respond to customer contacts;

 Analytical data will be used to provide increasingly customized and sophisticated customer experiences;

 Loyalty will be over; for this to happen, the company will need an increasing segmentation of customers;

 E-commerce is constantly changing and consumers are increasingly locked into campaigns. This leads companies to try to get out of the crowd and thus do different things.

In this way, and with daily social changes, a new generation of future consumers is formed, strongly marked by social movements, information and technological transformation.

According to Danish expert Martin Lindstrom, renowned Branding Futurist, “in the future, we will not have B2C or B2B. In the future, we will have H2H, that is, human to human. About 85% of our decisions are irrational and 95% of the corporate transformation processes fail because they forget how irrational a human being is. “

Sem comentários »

No comments yet.

RSS feed for comments on this post. TrackBack URL

Leave a comment


Solicite um contato comercial Agendar uma reunião

Agende uma reunião com a nossa área comercial

Nome inválido.
Email inválido.
Telefone inválido.
×